Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Bramil se compromete com reivindicações dos trabalhadores

Imagem: Agência Brasil

Imagem: Agência Brasil

 

Na manhã desta sexta-feira (18), representantes da rede Bramil, de Miguel Pereira e Paty do Alferes, estiveram na sede do Sindicato dos Comerciários para aprofundar o debate sobre as reivindicações apresentadas há duas semanas pelos funcionários do supermercado. Eles se comprometeram com a implantação do ponto eletrônico, instalação de refeitórios em todas as lojas e fim das dobras de expediente.

Embora tenham se comprometido com a oferta de alimentação em todas as lojas, os representantes da empresa pediram prazo de 90 dias para apresentar um projeto de reformulação da filial de Miguel Pereira. Quanto à implantação do ponto eletrônico não foi estipulado um prazo pois, segundo os presentes, a mudança vai para além da tecnologia e passa pela transformação da cultura organizacional da empresa, que ainda não é acostumada com a prática.

“O ponto eletrônico ajudará a sanar as questões relacionadas às horas extras, principalmente quando falamos das dobras. Fomos avisados que vem ocorrendo redução de quadros em alguns setores, o que acaba por sobrecarregar alguns funcionários que precisam dobrar para dar conta do serviço”, explicou o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

Cachorro-quente indigesto Em relação às dobras, os representantes disseram que, pelo fato de delegarem poderes aos gerentes das lojas, podem ter ocorrido casos pontuais que não chegaram ao conhecimento da diretoria, que é contrária a esse tipo de prática. Eles ficaram de averiguar a denúncia e orientar as gerências. Também prometeram melhorias nos lanches oferecidos durante os finais de semana e feriados, motivados pelo desconforto dos trabalhadores que teriam recebido cachorros-quentes. “Vamos acompanhar de perto se as medidas realmente estão sendo adotadas pelo Bramil. Dialogando, vamos conquistar mais direitos para os trabalhadores”, finalizou o delegado sindical Marcelo Bizerra.