Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Andarella: Funcionários demitidos lutam para receber rescisão

Funcionários da Andarella em reunião com parte da diretoria e advogados do Sindicato.

Funcionários da Andarella em reunião com parte da diretoria e advogados do Sindicato. 

Na última quarta-feira (10), representantes da grife Andarella estiveram presentes na Sede do Sindicato dos Comerciários do Rio para negociarem o parcelamento em 24 vezes das rescisões contratuais de dez funcionários demitidos. A questão é que há comerciários com mais de dez anos de casa e que já não recebiam salários em dia; e portanto, sentem-se inseguros de aceitar um acordo tão extenso de parcelamento.

Indignados, no dia seguinte (11), os funcionários procuraram ajuda do Sindicato para garantir o cumprimento de seus direitos. “É inadmissível uma empresa do porte da Andarella não respeitar seus trabalhadores e ainda propor um acordo que somente trará benefícios à companhia. Estamos do lado dos trabalhadores e faremos o possível para garantir as melhores condições de recebimento dos valores; nem que para isso tenhamos que recorrer à Justiça do Trabalho”, compromete-se o presidente do Sindicato dos Comerciários do Rio, Márcio Ayer.

Há mais irregularidades – Segundo pesquisa junto à Receita Federal, desde 2010, a Andarella não regulariza suas contribuições à Previdência (INSS) – aquelas relacionadas à aposentadoria, auxílio-doença etc. dos seus empregados. Além disso, conforme consulta junto à Caixa Econômica Federal, a empresa também não paga o FGTS dos comerciários há quase cinco anos.

“Iremos nos reunir novamente com os representantes da empresa amanhã para expor a posição dos funcionários e apresentar uma nova proposta de acordo, onde a redução do número de parcelas será priorizada. Caso não concordem, daremos todo o apoio a possíveis mobilizações, a fim de pressionar e divulgar a situação junto aos franqueados e consumidores da marca!”, afirma o diretor jurídico do Sindicato, Edson Machado.

O Sindicato dos Comerciários do Rio já estuda medidas judiciais cabíveis para garantir o recebimento das verbas rescisórias e contratuais dos funcionários da Andarella.