Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Amoedo: demite, não paga e explora, esse é o segredo

A loja de construção Amoedo continua desrespeitando seus funcionários. Agora, a empresa demitiu 150 trabalhadores sem pagar suas rescisões. O Sindicato dos Comerciários está reunindo os trabalhadores e entrará com ação na justiça para cobrar todos os direitos. Mesmo durante a pandemia, as lojas de material de construção estão funcionando normalmente, e não há motivos para não pagar os direitos dos seus funcionários. 

“O Sindicato repudia mais esse desrespeito da Amoedo aos direitos dos trabalhadores. A empresa insiste em não cumprir a legislação trabalhista e não pagar as verbas rescisórias. Vamos à justiça e a empresa vai ter que pagar cada centavo dos trabalhadores demitidos”, afirma Márcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

Esses comerciários e comerciárias demitidos terão direito ainda ao trintídio, que acontece quando um trabalhador é demitido sem justa causa no período de 30 dias que antecedem a data-base da categoria, que dos comerciários deste segmento é 1 de maio. Com isso, eles terão direito ao pagamento de indenização adicional no valor do salário mensal, além das demais multas.

Amoedo

Desrespeito recorrente

Em outras fiscalizações, o Sindicato recebeu denúncias de jornada excessiva aplicada aos trabalhadores, não pagamento de horas extras e de concessão de folgas como determina a convenção coletiva, entre outras irregularidades na legislação trabalhista. Alguns funcionários chegaram a relatar que trabalhavam 10 dias seguidos sem qualquer folga.

No caso dos 150 trabalhadores demitidos, a empresa ainda chegou a indicar um advogado que seria pago por eles através de ações individuais.

Aos trabalhadores demitidos e que não receberam suas rescisões, o Sindicato oferece assistência jurídica gratuita para garantir os seus direitos. Faça contato pelo canal do departamento jurídico do Sindicato (21) 96424-3816 ou por email juridico@secrj.org.br. O Sindicato está de olho, nos ajude a fiscalizar, se tiver dúvida entre em contato com a gente, o anonimato é garantido.