Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Abaixo-assinado pede fechamento das lojas de shoppings na segunda de carnaval

Mais de 8 mil comerciários e comerciárias assinaram o abaixo-assinado que pede o fechamento das lojas dos shoppings na segunda-feira de carnaval. O Sindicato dos Comerciários do Rio enviou ofício com as assinaturas na busca de um entendimento com as lojas dos shoppings para que atendam essa solicitação dos trabalhadores.

Todo mundo sabe que o carnaval mexe com a cidade do Rio, ruas são interditadas, ônibus mudam de trajeto, trem e metrô ficam lotados de foliões, sem falar na segurança. Por isso, com o apoio do Sindicato, os comerciários lançaram o abaixo-assinado solicitando que as lojas de shoppings não abram na segunda-feira de carnaval, já que não há nenhum impeditivo legal.

Nos outros anos, os shoppings ampliavam o horário de funcionamento no período da “maratona de vendas” nos dias que antecedem o Natal. E para compensar as lojas não abririam na segunda-feira de carnaval. Porém, no último ano, esse acordo não foi renovado, por uma decisão das próprias lojas, apesar deles terem funcionado com o horário estendido na “maratona de vendas”.

Portanto, como forma compensatória para os comerciários, as lojas de shoppings não deveriam abrir na segunda-feira de carnaval, uma medida que ainda contribui para preservar a segurança dos trabalhadores.

Fechamento na terça e quarta

Pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), as lojas de rua e de shoppings estão proibidas de abrir na terça-feira de carnaval e na quarta-feira até o meio dia. 

No caso dos supermercados não há restrição para abrir nestes dias.  Com a intenção de aumentar ainda mais o lucro dos patrões, o governo Temer criou um decreto que passou a considerar os supermercados como “serviço essencial”, liberando a abertura destes estabelecimentos. Mesmo assim, alguns não abrem nos dias de carnaval.