Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Menu Menu

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro

Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro

Notícias

Montadores da Via Varejo declaram estado de greve

B93A2806

Assembleia dos montadores da Via Varejo e os diretores Douglas di Freitas, Daniele Moretti, Vinicius Moraes e Marcelo Black. Foto: Wellington Santos/Comerciários

São muitas as reivindicações dos montadores das Casas Bahia e Ponto Frio (Via Varejo). Em assembleia histórica realizada na subsede do Sindicato dos Comerciários em Campo Grande, Zona Norte da cidade, os montadores, ajudantes e técnicos aprovaram a declaração de estado de greve. Eles já não aguentam mais a retirada de direitos por parte da empresa e tampouco a ameaça da terceirização, que já vem acontecendo em outros estados do país.

Os montadores já haviam decidido de forma autônoma a paralisação das atividades, mas agora decidiram atuar em conjunto com as lideranças do Sindicato. Na assembleia, os trabalhadores aprovaram ainda uma pauta de reivindicações que será entregue à direção da empresa. Participaram da assembleia os diretores do Sindicato Daniela Moretti, Vinícius Moraes e Douglas de Freitas (que trabalham na Via Varejo), além do secretário-geral da entidade, Marcelo Black.

Freitas explica que o estado de greve foi um grande passo para os trabalhadores, pois mostra à empresa que a categoria vai parar caso não haja negociação. “O estado de greve não é a greve. Temos responsabilidade e vamos dialogar com a empresa para que ela solucione as reivindicações dos trabalhadores. Não podemos nos desmobilizar. É preciso lotar cada reunião, cada assembleia. Patrão só abre mão na base da pressão!”, convoca o diretor.

Reivindicações A principal reclamação dos trabalhadores é o valor da ajuda de custo recebida, que não dá para arcar com os gastos do atendimento durante o mês. Para complicar, a ajuda é ainda menor para os ajudantes de montador, cujos gastos são os mesmos dos seus colegas. Os trabalhadores pedem aumento do valor oferecido e igualdade entre montadores e ajudantes. Outro ponto levantado da pauta de reivindicações é a redução dos valores pagos para montagem das mercadorias, que em alguns casos chegou a 60%.

A diretora Daniela Moretti orientou os montadores a continuar a mobilização e se manter firmes, porque o Sindicato vai estar na luta junto com eles. “A coisa tem que ser organizada e representar uma vitória para a categoria. Não vamos nos meter em aventuras, mas estaremos à frente dessa luta para defender os direitos dos trabalhadores,” destaca a dirigente.   

Todos à Assembleia Nova Assembleia já foi marcada, na qual se espera a presença não só dos montadores mas de todos os funcionários da Via Varejo no município do Rio. Será no dia 25/04 (segunda-feira), às 19h, na quadra da escola de samba Império Serrano (Av. Edgar Romero, 114 Madureira).